O que você precisa saber antes de abrir o seu próprio negócio

Postado por: ECOS em

 

Que atire a primeira pedra quem nunca pensou em abrir o seu próprio negócio. Não por acaso, geralmente ideias como essa surgem em meio a adversidades. O que é natural, é claro. Por outro lado, a verdade é que isso pode se tornar uma verdadeira dor de cabeça quando não há qualquer tipo de planejamento.

No primeiro momento, a sede de empreender parece ser o único e mais potente combustível que vai movimentar o negócio e fazer com que ele prospere. Porém, a realidade é outra. Há uma infinidade de questões que precisam ser levadas em consideração. É preciso considerar, por exemplo, o investimento em publicidade, o tempo de retorno e até mesmo o perfil de liderança que vai comandar a empresa. Veja o que mais você não pode deixar de saber:

 

Conheça o seu perfil

Abrir uma empresa pode ser um verdadeiro desafio, ainda mais quando isso envolve algum tipo de sociedade e distribuição de funções. Por isso, é fundamental que você conheça a si mesmo. No fim das contas, quanto mais você sabe sobre você mesmo, mais você sabe onde pode pisar e onde tem que tomar cuidado.

 

Busque conhecimento

Um empreendedor bem informado e que conhece o mercado evita se jogar em abismos financeiros e correr riscos de investimento, principal causa do fechamento de portas de uma infinidade de empresas mundo afora. Informe-se, estude, compre livros, faça cursos. Enfim, invista no seu conhecimento. Afinal, isso é que vai ajudar você a tomar decisões mais assertivas e consistentes.

 

 

Explore múltiplas ideias de negócios e faça o que você gosta

Se você não sabe ao certo com o que quer trabalhar, qualquer negócio pode ser um tiro na água. O ideal é levar em consideração todas as opções disponíveis, bem como a sua afinidade com a área a ser escolhida.

Outra coisa fundamental: ame o seu negócio. Trabalhar com amor pela atividade desempenhada já representa uma boa parte do caminho que você precisa trilhar para o sucesso.

 

E talvez o principal: esteja preparado para investir

Várias áreas merecem a sua atenção, mas a publicidade talvez seja a principal delas. Um negócio novo precisa ser exposto para que seja rapidamente conhecido pelo público, pois só assim a sua empresa começará a receber o retorno de investimento e evitará o saldo negativo no final do mês.

Além disso, a publicidade entra como fator fundamental na comunicação do negócio. Marca, identidade visual, gerenciamento de mídias sociais, tudo isso pode fazer a diferença quando planejado por uma boa agência. Por isso, com certeza vale o investimento.

 

Mas a publicidade não é um investimento válido apenas para grandes marcas?

 

Não, evidente que não. Muitas pessoas, aliás, grande maioria dos micro e pequenos empreendedores, acredita que altos investimentos em campanhas publicitárias e ações em mídias sociais devem ser exclusividade das grandes empresas. No entanto, com a necessidade de expansão de mercado, os números mostram que não é bem assim. Independente da abrangência da marca, é necessário, inteligente e uma atitude estratégica dar atenção a investimentos em marketing.

Para que você tenha uma ideia, o percentual de investimento tende a variar muito de acordo com o segmento da empresa. No geral, investir de 3% a 5% do faturamento é um bom patamar. Mas, é claro, tudo isso precisa ser muito bem pensando e planejado por uma equipe especialista antes das portas do seu negócio se abrirem. Afinal, vale  sempre a regra: cada caso é um caso.

 

 

 

 


Voltar para o Blog